por Renato Teixeira

Para ser bem-sucedido, é preciso saber sobre a concorrência quase tanto quanto sobre sua própria empresa e clientes.

Infelizmente, muitos proprietários de pequenas empresas cometem o erro de esperar um concorrente abrir um negócio do outro lado da rua para começarem a estudar a concorrência, com riscos enormes de seus lucros já terem caído bastante.

Nossas ferramentas de pesquisa oferecem um diagnóstico dos seus concorrentes, com os principais pontos fortes e fracos. E sugerem dicas para você alavancar seu negócio.

Sabemos que grandes ideias podem virar excelentes negócios, mas, fique atento, porque para que este investimento seja correto, não basta confiar na ideia. É preciso avaliá-la, mensurar o seu potencial perante o público e fazer uma análise de mercado.

Torna-se fundamental responder a duas perguntas importantes: “o que meus clientes querem?” e “o que meus concorrentes oferecem?”

Se você gerente de marketing ou empreendedor, seja neurótico quanto à análise. Questione se o que você faz e oferece hoje será relevante amanhã. Se sim, ótimo, continue neste caminho, sempre de olho nas novidades. Caso contrário, com uma avaliação bem feita, pelo menos poderá se antecipar melhor aos seus concorrentes.

A dica valiosa aqui é: utilize ao máximo o Google e as redes sociais para pesquisar tendências e obter ideias interessantes e válidas para seu mercado de atuação.

Mas, lembre-se, só uma boa análise irá revelar muitas oportunidades que podem ser aproveitadas pela sua empresa.

Deixe um comentário